terça-feira, 14 de julho de 2009

VERONIKA DECIDE MORRER VIRA FILME

O livro de Paulo Coelho, “Veronika Decide Morrer”, será lançado em versão longa metragem nos cinemas do Brasil no próximo dia 07 de agosto. Publicado em 1997, o livro trata de assuntos como depressão, esquizofrenia, síndrome do pânico e suicídio. No mundo do jornalismo ainda existe uma resistência em noticiar o suicídio, pois muitos acham que seria incentivar as pessoas se matarem. A contradição disso é o homicídio. Diariamente a imprensa sensacionalista divulga cansativamente dezenas de homicídios, inclusive fazem cobertura 24 horas, como por exemplo, caso Nardoni (do pai e madastra que jogaram a menina Isabela pela janela), outro exemplo, Lindenberg (que matou a ex namorada Heloa, ao vivo, para que todas as televisões pudessem conferir o tiroteio em tempo real).

O dever da imprensa é prestar serviço a sociedade e seria ótimo discutirmos com profissionais da área, psicólogos, por exemplo, familiares que passaram por situações difíceis ou até mesmo quem já tenha tentado o suicídio. Assim ajudaria muita gente a desistir, principalmente se conhecer melhor e saber que muitas outras pessoas também passam por isso, perdendo assim o medo de ser considerado louco. Como isso não acontece, o jeito é procurar informações por conta própria. O livro “Veronika Decide Morrer” mostra o lado conturbado da psiquê humana – a qual muitos acham que são loucos por pensarem que somente eles cogitam se matar ou estão com algum tipo de síndrome ou depressão. É o velho debate da vida e da morte.

O autor, que confessa em um capítulo já ter sido internado em ‘hospícios’ três vezes, consegue descrever perfeitamente desde os sintomas até o tratamento de depressão, síndrome do pânico, esquizofrenia e o assunto tão ‘abafado’ por todas sociedades e sempre presente nelas: o suicídio. Será que no filme Paulo Coelho vai aparecer também para contar esse trecho de sua vida?

No filme, atriz que vive Veronika é Sarah Michelle Gellar, que ficou conhecida mundialmente principalmente por causa da “Buffy, a caça vampiros” (1997). A produção é americana... Será que Paulo Coelho não indicou nenhum artista brasileiro ou ainda não confia em nosso cinema? Isso decepciona...

Agora resta aguardar agosto chegar para conferir se o filme vai conseguir transferir boa parte do livro para as telas. E o bom, caso você não tenha lido ainda o livro, é que ainda há tempo para isso até que o longa metragem seja lançado . Com certeza vale a pena, pois possivelmente você vai se conhecer melhor. O livro é muito bom.

Sinopse: Adaptação da obra de Paulo Coelho sobre a história de Veronika, uma jovem que não aceita a idéia de viver uma vida sem sentido, decidindo se matar com uma overdose de calmantes. Ao acordar em uma clínica, descobre que realmente tem pouco tempo de vida, mas coisas intensas começam a acontecer.

Elenco: Sarah Michelle Gellar, Jonathan Tucker, Erika Christensen, Melissa Leo, David Thewlis
Direção: Emily Young
Gênero: Drama
Distribuidora: Imagem Filmes

CONFIRA O TRAILER:




por: Gisele Santos (BOOM!)

4 comentários:

alexandramatias2009 disse...

esse é um dos livros que mais gostei de ler
tem delicadesa e uma realidade chocante
nem sabia que virou filme
to doida pra ver agora

Gabi Seiva Rock disse...

eu li o livro no ano passado e agora fiquei curiosa também pra ver o filme, mas geralmente filme nunca é tão bom como o livro , as vezes viajam e mudam muito e também cortam muita coisa!

Marcelo disse...

Poxa, cada site que passei dizia uma data distinta sobre o lançamento. Houve um que até disse que seria em Maio deste ano-- Eu pelo menos nem ouvi falar desse mistério.
Estou muito curioso para assistir,e espero que consigam passar a história sem modificá-la tanto.
Esse é um dos meus livros preferidos.
Abraços, grande.

ゆっき disse...

eu estava pensando seriamente em me matar quando me deparei com esse livro.
achei que valia a pena ler algo do tipo enquanto pensava em como fazer isso sem trazer problemas pra minha familia...
quando eu comecei a ler,eu tive certeza que ia fazer a coisa certa me matando antes que as coisas pioressem,mas eu não ia morrer em paz sem terminar o livro.XD
e quando eu terminei,ja não tinha mais vontade de morrer,e sim de correr atras do tempo perdido.

eu realmente acho que eh um bom livro,e tbm acho que as pessoas deviam falar mais sobre suicidio,e prestar mias atenção as pessoas em volta,pq muita gente do seu lado pode estar tentando chamar atenção,pedir ajuda,mas ninguem percebe....