segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

O QUE É QUE CARMEN MIRANDA TEM?

Musa atinge centenário: Carmen Miranda teria 100 anos hoje, se estivesse viva. Museu no Rio de Janeiro celebrará data.

Gustavo Dittrichi

“O que é que a baiana tem?”. A pergunta foi imortalizada por Carmen Miranda, atriz luso-brasileira, estrela do cinema americano, que completaria 100 anos hoje (9 de fevereiro), se estivesse viva. Considerada precursora do movimento da tropicália no Brasil, Carmen Miranda marcou época por seu estilo inusitado e alcançou o maior salário pago a uma mulher nos EUA, até então.

Para comemorar a data, um museu no Rio de Janeiro, que leva o nome da diva, traz mais de 3 mil peças da artista, entre sandálias, turbantes e até uma escultura em tamanho natural seguindo as características da cantora, criada pelo artista plástico Ulysses Rabelo. Para isso, Rabelo estudou a máscara mortuária e a arcada dentária para garantir mais realidade à peça.

Entre 9 e 15 de fevereiro, ocorre um evento que o Museu Carmen Miranda chama de “Semana Carmen Miranda”. Haverá exibição de 13 filmes, debates com Ruy Castro, autor da biografia sobre a artista, e com parentes dela, além de shows diversos.

A pequena notável
Nascida em Portugal em 1909, foi batizada de Maria do Carmo Miranda da Cunha. Ganhou o nome de “Carmen” pela paixão que o seu pai tinha por óperas. Em 1910, a família de Carmen migrou para o Rio de Janeiro, onde se estabeleceram.

Foi em 1926 que Carmen teve o primeiro contato com o mundo artístico: foi fotografada para uma seção de cinema da Revista Selecta. Em 1929, quando foi apresentada ao compositor Josué de Barros, ela gravou na editora alemã Brunswick, os primeiros discos com o samba e choro. Mas o sucesso mesmo veio com a marcha carnavalesca "Pra Você Gostar de Mim" ("Taí"). À partir de 1936, a carreira no cinema musical americano extourou: foram 20 longas-metragens com participações dela, entre eles, o famoso “Alô, Alô, Carnaval”.

Para dar conta da carreira americana e sde uma agenda cheia, Carmen passou a fazer o uso de narcóticos estimulantes que, somado ao hábito de beber e fumar, causou dependência química na estrela.

Carmen também manteve váriso romances com astros de Hollywood, até casar-se com um empregado de uma produtora de cinema, David Sebastian. Também manteve casos com os atores John Wayne e Dana Andrews.

Carmen morreu com 46 anos, em sua residência em Bervely Hills, vítima de um ataque cardíaco fulminante, em 1955.

8 comentários:

Louis Medeiros disse...

amei a postagem, muito legal
na SPFW, aprendemos muito sobre a Carmen Miranda, eu que já era fã, fiquei mais ainda
se voces quiserem, tenho fotos da exposiçao feita na bienal, da carmen
é só entrar em contato.

alexandramatias2009 disse...

a sony music vai relançar os discos da carmem miranda gustavo

você viu ?

http://agenciafm.blogspot.com/2009/02/carmens-cd-duplo.html

0ooALEoo0 da silva sauro ximba disse...

carmem miranda é fantastica

uma imortal mesmo e merece ser lembrada sempre

uma mulher que fez do Brasil a sua casa mais amada e divulgou o Braisl para o mundo todo

raphaelministry disse...

acho que não podemos endeusar tanto pq ela foi pros estados unidos e mesmo vendo que eles estavam manipulando pra conseguir conquistar mercado na américa do sul , continuou na façanha
hollywood resolveu fazer isso principalmente pq a sociedade latina questionava a politica externa agressiva do USA, incluindo a não adesão a liga das nações na epoca, e assim tb resistencia cultural e defenderem as raizes culturais

comedias musicais não era bem aceitas, na argentina ficaram muito bravos até com filmes sobre guerra

serenata tropical com carmem miranda não foi aceito na argentina e no brasil ninguem percebia a manipulação toda, todos exaltavam a conquista da carmem miranda de se tornar atriz holywdiana e que mais pagou impostos nos estados unidos

e assim com o brasil o USA conseguiu fazer a politica de boa vizinhança usando a carmem miranda, na sequencia com o filme uma noite no rio

muita gente no brasil não gostou do filme uma noite no rio ... vinicius de moraes achou que o filme não valia nada e que carmem miranda foi vendida como mercadoria exotica

e o mais interessante que até hoje é assim , os brasileiros so dão valor aos seus artistas quando eles fazem sucesso no exterior

fora isso, é inegavel que ela tinha talento e infelizmente por abusar de remedios fortes misturado a bebidas faleceu muito jovem , e sofreu muito apanhando do marido (coisa que acontece hoje em dia e por medo as mulheres não denunciam os seus companheiros)

raphaelministry disse...

ah e ate hje muito gringo acha que somos indios ou nos vestimos como ela ahahahah

alexandramatias2009 disse...

ela foi um icone folclorico né suas roupas e cores representavam algo do brasil fora a banana toda na cabeça

mas nunca deixam claro isso

e o turismo sexual no brasil vem desde lá atras dos indios, carmens e atualmente bundas de fora e funkeiras

até cartão postal daqui vai com bunda la pra fora

barabarinha disse...

o boom é muito bom mesmo tem de tudo aqui

sobre a carmem miranda e outros morots, fico inconformada pq não homenageiam o povo qdo tá vivo ? esperam morrer , 100 anos depois ate ...;

bebeto sampaio disse...

concordo com todos
sem menosprezar a artista